segunda-feira, 3 de abril de 2017

Pièta

Parece que os dias muito frios durante o dia se foram embora, será? Pelo menos já mudou a hora e os dias têm agora mais horas de luz. 
O sol tem aparecido todos os dias, o que me alegra bastante e que me ajuda às dores que tenho tido nos ossos.
O bordado da foto foi outro que eu fiz há uns anos e que tinha ficado nos meus ficheiros sem ter sido ainda publicado aqui no blog.
Lembro-me bem de que tive uma aventura grande com este bordado.
Vi a foto numa revista italiana dedicada a esquemas de imagens sacras bordados a ponto cruz e comprei-a num quiosque minúsculo aqui da cidade, que hoje em dia já nem existe. 
A minha ideia era a de bordar este e um outro desenho que vi na mesma revista na esperança que os esquemas estivessem nos anexos que estavam dobrados em várias partes no meio da revista (nesse quiosque não nos deixavam folhear as revistas para vermos o que traziam).
Só que a desilusão foi grande quando, em casa e depois de retirar do meio os anexos com os esquemas, constatei que a revista trazia apenas alguns esquemas de alguns bordados e que os restantes teriam que ser vendidos à parte, no site da marca ou enviando para a marca um talão que vinha no meio da revista. Serviu-me de lição esta aventura pois a partir dessa altura nunca mais comprei uma revista sem me certificar de que nela vinham todos os esquemas.
Com o tempo acabei por perder a ilusão de o bordar até que uma amiga, que nutria a paixão pelo ponto de cruz, um dia me mostra alguns bordados que tinha feito e no meio das fotos que me enviou nesse dia vinha o bordado dela deste mesmo desenho já emoldurado e com uma moldura em tudo parecida à da foto da revista.
Fiquei a saber por essa minha amiga, que este esquema tinha saído entretanto numa revista espanhola e pedi-lhe o esquema, que muito gentilmente mo enviou pelo correio, acho que nunca umas fotocópias me encheram tanto de alegria. Obrigada amiga pelo envio que me fizeste e pela ajuda que me deste para eu poder fazer com que o meu bordado ficasse como o teu.
Foi assim que consegui fazer este bordado. 
Usei lugana branca da DMC e linhas que vinham indicadas no esquema, que, se não estou enganada, acho que também eram da DMC e recordo-me que usei dois fios de linha para bordar.
O trabalho em si é bastante grande e levou muita linha azul para fazer o fundo. Tive o cuidado de comprar um número de meadas todas na mesma altura para garantir que fossem do mesmo lote para não correr riscos de haver variações de cor, para que o fundo pudesse ficar todo ele uniforme e foi das primeiras coisas que bordei na tela.
No final, e em baixo, embora não se note muito bem na foto, também bordei a parte que não era suposto bordar a branco para ficar um rectângulo todo ele bordado a ponto cruz e sem pontos por fazer.
De resto, posso dizer que nem é um bordado que leve muitas cores. Se bem me lembro acho que levou no máximo 8 ou 10 cores, o que para um trabalho destas dimensões nem é um número muito grande de diferentes cores de linha.
A foto foi tirada em 2014, antes de assinar o bordado, de o passar a ferro e de o mandar emoldurar.

2 comentários:

  1. Eu tenho uma história semelhante, com uma diferença ainda não fiz o quadro. ;-)
    No meu caso é a última ceia em ponto cruz que a minha mãe quer muito que o faça. E eu não havia meio de arranjar o esquema, nem revistas, nem net. Até que um dia na net encontrei um blogue que o disponibilizou, mas depois de guardado ficava com uma resolução péssima. Contactei a autora do blogue e ela gentilmente enviou-me cópias a cores do esquema (eu ainda quis pagar, porque não devem ter ficado nada baratas, mas ela não aceitou) e foi assim que arranjei o esquema. Agora falta encontrar a coragem para o fazer, porque leva tantas cores...
    O teu ficou lindíssimo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É engraçado as histórias que os nossos bordados têm não é?
      Cada um dos meus tem ou conta uma história, lembro-me para quem foi, até me recordo de certas peripécias que tive com alguns.
      Obrigada pelas tuas palavras mãos de fada.
      Eu também tenho uma Última Ceia para fazer, já comecei, vou praticamente a meio mas falta o resto da coragem para a terminar.
      Beijinhos e boa Páscoa

      Eliminar