sábado, 7 de junho de 2014

I'm back with some baby bibs

Estive ausente do blog por ter estado em parte meio adoentada por causa deste tempo que tem feito, ora está frio ora está calor, muita chuva e os meus ossos ressentem-se e sou forçada a abrandar mas por outro lado outros assuntos têm-me tirado tempo para os bordados e o blog é o condenado ao abandono quando outras coisas que se sobrepõem.
Ainda assim não dei férias às minhas agulhas e tenho andado a fazer babetes pois parece que há por aí um baby boom :p Os trabalhos maiores vão avançando muito lentamente e ainda não está na altura certa de mostrar aqui os pequenos avanços que lhes dei e que são quase imperceptíveis nalguns casos.
Olhem só as peças que tenho feito tendo como inspiração as minhas revistas italianas, de longe as minhas favoritas.

Um pintainho a dizer piu piu conquistou-me assim que dei de caras com ele na revista. Mantive as cores, apenas tive que fazer uma pequena alteração pois em italiano diz-se de outra forma. O resultado é a meu ver irresistível.

Uma deliciosa bolacha muito sorridente que está mergulhada numa chávena de leite é de todos o bordado mais original que bordei nos batetes. O esquema estava marcado há muito tempo ... estava à espera daquela peça onde ficasse mesmo bem e este babete amarelo foi a tela ideal para bordar esta fofinha. Acho que consegui ir de encontro às duas únicas exifgências que me foram feitas, ser algo muito fofo e original. Gostei imenso do resultado final e a cliente também.

Este peixinho foi o único que me deu um pouco mais de luta. Os coraçõezinhos no esquema original eram azuis mas já com ele pronto a entregar a cor não me convencia até que segui a dica de uma amiga e resolvi fazê-los em verdinho a fazer conjunto com a cor do viés. Não podia ter gostado mais do resultado, superou por completo as minhas expetativas iniciais e a cliente ficou satisfeita.

Uma bonequinha de cabelos quase loiros esconde o seu vestido atrás de um grande coração que tem a inicial da bebé Matilde que está para nascer em breve. Espero que a mamã goste.

Como vêm estas peças foram todas para clientes diferentes e podem constatar que não sou pessoa de repetir o mesmos esquemas vezes e vezes sem conta (coisa que novas clientes gostam muito pois viram aquela peça e querem igual, só muito esporadicamente o faço e ainda assim gosto de mudar uma cor ou um detalhe) e como todo este trabalho artesanal é feito à mão gosto de tratar cada peça com o carinho que ela merece e como peça única que é. Felizmente a maioria das minhas clientes gostam das minhas dicas e da forma como gosto de ter estes cuidados. Claro que há quem não entenda isso e não compreenda e desista da encomenda logo assim que se toca neste ponto, lamento que assim seja mas não sou uma máquina de produção em série para fazer n peças todas iguais.